Prêmio da Música Universitária

A origem

Há 10 anos, acontecia em frente ao CONIC – Brasília –DF, a 1ª edição do Festival Universitário de Música.

O festival foi criado para trabalhar o potencial musical a partir dos vários campi do Distrito Federal. A proposta era e continua sendo a integração de alunos, instituições e da vida comunitária a partir da matéria prima música.

Entre as atrações principais estiveram Tom Zé, Pato Fu e a banda francesa No Jazz. Além disso, o FUM propôs uma série de ações integradoras, como investir no empreendedorismo, criar uma rede de comunicação entre entidades e estudantes e realizar eventos de integração da vida universitária, como por exemplo: as campanhas ambiental e de arrecadação de alimentos. Em 2008, a campanha de valorização do cd resultou na venda de 2.722 cds de artistas locais mediante a troca de um ingresso.

A banda vencedora foi Gilbertos Come Bacon, que como prêmio da 1ª edição do FUM, lançou seu primeiro registro fonográfico em 2008.

10 anos depois…

Em mais uma inédita construção coletiva, GRV e Pier 21, se únem para uma nova ação, em caráter competitivo para um segmento latente criativo e produtivamente. Estrategicamente, essa ação se unirá ao Prêmio Profissionais da Música, tanto na construção de uma agenda rica e volumosa nos seus dias de execução como na grande promoção e visibilidade que jovens artistas terão ao se acoplarem ao PPM.

Inscrições abertas?

Sim

Quem pode se inscrever?

De braços e ouvidos abertos para todos os gêneros musicais e formações variadas, temos como critério para validar as inscrições nesta edição, que pelo menos um dos integrantes da banda ou artistas solo, comprovadamente, esteja matriculado em uma instituição universitária público e/ou privada.

Quanto custa?

Taxa de R$ 100,00 [cem reais] no ato da inscrição.
A partir desse pagamento, liberaremos para todos os integrantes das bandas inscritas, classificadas ou não, a participação na grade de palestras que serão realizadas nos dias do evento.

O que inscrever?

Junto aos dados solicitados na ficha de inscrição que será disponibilizada apenas no site do evento, o artista ou banda deverá anexar 3 [ três] links digitais para avaliação dos jurados.

Quando inscrever?

As inscrições ocorrerão de  1º a 31 de março de 2019.

Das eliminatórias ao vivo

As duas eliminatórias ao vivo contarão com a participação de 6 (seis) artistas por dia, pré-selecionados por uma comissão julgadora que acontecerá nas instalações do Píer 21.

Da final, participarão 6 (seis) artistas selecionados da seguinte forma:

.os dois mais votados pelo júri, em cada dia;

. o mais votado pelo público, em cada dia

Caso o mais votado pelo público esteja, concomitantemente, entre os preferidos do júri, será convocado, subsequentemente, o primeiro artista melhor voltado pelo público

O que será apresentado ao vivo?

Duas músicas compostas por autores brasilienses, quais sejam, as mesmas que tiverem sido encaminhadas na inscrição.

Como será a votação ao vivo por parte do público?

Preenchimento à caneta de uma cédula com os campos nome | email e nome do artista preferido. A distribuição das cédulas é individual, e será feita 1 hora antes do início das apresentações até o término das mesmas.

Como será a votação dos jurados?

Notas de 1 a 5 para cada atração

O que acontece em caso de empate na votação popular?

Irá para a final, aquele que tiver obtido maior pontuação pelos jurados

O que acontece em caso de empate na votação do júri?

Irá para a final, aquele que tiver obtido maior pontuação pelo público

Dos equipamentos para as apresentações

Para os dois dias de apresentação ao vivo os oito artistas escolhidos, terão à disposição estrutura de sonorização, palco e iluminação fornecidas pelo shopping Píer 21, para apresentar durante 15 minutos, duas músicas autorais, compostas pelos integrantes da banda ou parceiros.

A organização do evento, disponibilizará:

  • um corpo de bateria [sem pratos, pedal de bumbo, ferragens e caixa], dois amplificadores de guitarra e um amplificador para baixo, que serão compartilhados entre todos os participantes, inviabilizando o uso de bateria ou amplificadores próprios;
  • sistema de monitoração de palco, PA, mesa digital com 16 canais e microfones.

Ressaltamos que tanto a organização do Prêmio da Música Universitária, quanto o Shopping Pier 21 não se responsabilizam pela segurança dos instrumentos pessoais de todos os artistas durante sua permanência no local do evento.

Da Premiação

1º colocado

  • Apresentação ao vivo na programação da 5ª edição do Prêmio Profissionais da Música 2019 das duas músicas vencedora do Prêmio da Música Universitária.
  • 8 horas de gravação para a produção de um single
  • Contrato de gestão empresarial por 1 ano com a GRV Música, Media e Entretenimento

2º colocado

  • 8 horas de gravação para a produção de um single
  • Contrato de gestão empresarial por 1 ano com a GRV Música, Media e Entretenimento

Temos evento no Facebook?

Sim

Onde se paga a taxa?

Sympla

Temos instagram?

Sim

Temos site e email para informações?

www.pmu.art.br | pmu@grv.art.br

Musicalmente

Gustavo Vasconcellos

Voltar ao topo